06/01/2017 18:18

Sindserv e Morando garantem 'diálogo' entre governo e trabalhadores

Por: Karen Marchetti (karen@abcdmaior.com.br)

Nova diretoria se reuniu com prefeito de São Bernardo e pediu compromisso com demanda da categoria

Com a data base para negociação de reajuste em março, os integrantes da nova diretoria do Sindserv de São Bernardo (Sindicatos Servidores Publicos) apresentaram-se ao prefeito Orlando Morando (PSDB), na última quinta-feira (05/01).Eles pediram a continuidade de dialogo entre as partes e compromisso de Morando com a categoria.

Vista de dirigentes sindicais a prefeito aconteceu na última quinta-feira. Foto: Divulgação
Vista de dirigentes sindicais a prefeito aconteceu na última quinta-feira. Foto: Divulgação

O prefeito, que assumiu a gestão municipal no último dia 1º, afirmou que o governo está aberto ao dialogo e garantiu honrar os pagamentos dos funcionários.

'Austeridade'

De acordo com o Morando, a “austeridade” no orçamento é feita para garantir os salários e benefícios já negociados com a categoria. “Estamos abertos ao diálogo e quero garantir que faremos todo o esforço necessário. Estou usando austeridade, exatamente para garantir os salários, além de honrar, motivar e respeitar, acima de tudo, o funcionalismo”, disse o prefeito.

O novo presidente da entidade, José Rubem, que toma posse oficialmente no Sindicato na próxima segunda-feira (09/01), afirmou que não foi falado sobre a negicação de reajuste com o novo prefeito.

“Foi uma visita para nos apresentar. Assumo oficialmente nesta segunda-feira e vamos discutir com os trabalhadores primeiros”, disse José Rubem.


Tags:
são bernardo prefeito prefeitura sindicato sindserv funcionários públicos orlando morando

Compartilhe essa matéria

Deixe seu comentário

Para participar efetue o login, ou cadastre-se
Observação: as opiniões aqui publicadas são de responsabilidade apenas de seus autores. Os números de IP dos responsáveis pelos comentários estarão à disposição de vítimas de eventuais ofensas veiculadas neste espaço.

{{comments.length||0}} comentários