02/01/2012 00:00

Obras da Câmara de Roi Grande terminam neste mês

Por: Bruna Nunes ()

Ribeirão Pires também pretende realizar reformas no Legislativo

O presidente da Câmara de Rio Grande da Serra, Waldemar Perillo (PSDB), afirmou nesta segunda-feira (02/01) que a reforma da Casa deve ser finalizada até janeiro deste ano. De acordo com o parlamentar, o espaço necessita de poucos reajustes para estar totalmente pronto, como alguns serviços de pintura.

“Acredito que até o início das atividades, em fevereiro, estará concluído”, apontou. 
O intuito das obras do Legislativo é para melhor abrigar os vereadores e atender a população.

“Estamos trabalhando para que sejam ampliadas as salas, para que os vereadores tenham mais espaço. No plenário, não vamos precisar mexer, pois já temos espaço para abrigar as novas cadeiras, mesmo porque a Casa já chegou a acomodar 15 vereadores”, afirmou Perillo.

Na próxima legislatura, a Câmara abrigará 13 parlamentares; hoje são nove vereadores. Atualmente, o Legislativo está localizado em um prédio em cima de uma farmácia. Somente o presidente da Casa tem gabinete; os demais dividem uma sala para atender os munícipes.

Para o vereador oposicionista Claudio Manoel Melo, o Claudinho da Geladeira (PT), a cidade merecia um novo prédio para abrigar os parlamentares. “Claro que os vereadores mereciam um espaço maior para receber e atender os munícipes. Mas temos a consciência de que o orçamento da cidade não contempla”, opinou.

Recursos
A Câmara tem direito a 6% do repasse no Orçamento Municipal, mas Waldemar Perillo disse que a Casa recebeu 4,8% neste ano. Os 6% representariam quase R$ 3 milhões, mas os recursos vindos do Executivo somam pouco mais de R$ 2,3 milhões.

“Não houve necessidade de mais dinheiro, conseguimos fazer tudo o que era previsto com o que veio. Além da reestruturação da Câmara, também vamos devolver mais de R$ 300 mil para a prefeitura”, disse o presidente.

O dinheiro também foi utilizado para a aquisição de um novo veículo para a Casa, compra de quatro computadores, três novas impressoras, cadeiras, mesas e armários. Também foi feita a troca de todos os móveis da cozinha, a implantação de um refeitório, instalação do sistema de telefonia PABX, e sistema que informatiza toda rede e elimina toda a fiação do sistema de informática. “O saldo foi positivo. Podemos dizer que a Câmara encontra-se hoje completamente informatizada, modernizada e acompanhando os avanços tecnológicos”, avaliou Perillo.

Ribeirão
Ao contrário do esperado, a Câmara de Ribeirão Pires ainda não deu início às reformas. Previstas para o último mês de 2011, as obras foram adiadas para evitar possíveis problemas no Tribunal de Contas do Estado (TCE), segundo o presidente do Legislativo Gerson Constantino.

Aconselhado pelo departamento jurídico, o parlamentar optou deixar para este mês o processo de licitação para contratação da empresa que executará as melhorias no local.

Compartilhe essa matéria

Deixe seu comentário

Para participar efetue o login, ou cadastre-se
Observação: as opiniões aqui publicadas são de responsabilidade apenas de seus autores. Os números de IP dos responsáveis pelos comentários estarão à disposição de vítimas de eventuais ofensas veiculadas neste espaço.

{{comments.length||0}} comentários