04/01/2017 15:16

Municípios do ABCD recebem R$ 24,9 milhões de ICMS

Por: Jessica Marques (jessica.marques@abcdmaior.com.br)

São Bernardo foi a cidade que mais arrecadou; valor foi repassado nesta terça-feira

Comparando todo o valor de ICMS repassado em 2015 para o ABCD, com o montante em 2016, houve pequena queda de 2,96%. Foto: Marcos Alves/USP Imagens
Comparando todo o valor de ICMS repassado em 2015 para o ABCD, com o montante em 2016, houve pequena queda de 2,96%. Foto: Marcos Alves/USP Imagens

As sete cidades da Região receberam, nesta terça-feira (03/01), um repasse de R$ 24,9 milhões referentes ao ICMS (Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação). O depósito foi realizado pela Secretaria da Fazenda, do Governo do Estado.

O montante é referente ao período de 26/12 a 30/12. De acordo com informações da Secretaria, os valores correspondem a 25% da arrecadação do imposto, “que são distribuídos às administrações municipais com base na aplicação do IPM (Índice de Participação dos Municípios) definido para cada cidade”, informou a Pasta por meio de nota.

São Bernardo foi a cidade que mais arrecadou, com um valor de R$ 10,5 milhões, seguida por Santo André, com pouco mais de R$ 4 milhões. Em coletiva, o prefeito andreense Paulo Serra (PSDB) afirmou que está analisando o montante que foi passado pela transição e o montante real que será arrecadado por meio de impostos. “A Secretaria de Finanças vai analisar os impostos e ver se há alguma diferença de valores. Fundo de Participação do Município, IPTU, IPVA, para ver se há surpresas negativas ou não”, disse.

São Caetano recebeu R$ 3,5 milhões; Diadema, R$ 3,3 milhões; Mauá, R$ 2,9 milhões; Ribeirão Pires, R$565 mil e Rio Grande da Serra, R$ 132 mil. No Estado, foram repassados R$ 343,48 milhões referentes ao ICMS para 645 cidades.

REPASSE ANUAL

Comparando todo o valor de ICMS repassado em 2015 para o ABCD, com o montante em 2016, houve uma pequena queda de 2,96%. Em 12 meses, as sete cidades receberam R$ 1,85 bilhão no ano retrasado e R$ 1,79 bilhão no último ano.


Tags:
impostos

Compartilhe essa matéria

Deixe seu comentário

Para participar efetue o login, ou cadastre-se
Observação: as opiniões aqui publicadas são de responsabilidade apenas de seus autores. Os números de IP dos responsáveis pelos comentários estarão à disposição de vítimas de eventuais ofensas veiculadas neste espaço.

{{comments.length||0}} comentários