26/08/2015 19:13

Conheça os 15 participantes da 'Libertadores do ABCD'

Por: Redação (pauta@abcdmaior.com.br)

Guia apresenta os times que concorrem ao título da Uniligas, que reúne os melhores da várzea regional

por Antonio Kurazumi e Guilherme Menezes

Qual é a melhor cidade do ABCD no futebol amador? Quem vai se consagrar campeão? Haverá alguma surpresa? Essas perguntas começam a ser respondidas neste domingo (30/08), quando tem início a Copa dos Campeões Uniligas. A disputa reúne a nata da várzea regional e daí vem a comparação com a Libertadores da América, torneio dos sonhos no profissional.

A Uniligas chega à sétima edição, sendo a terceira consecutiva depois de uma pausa entre 2010 e 2012. O Metalúrgicos, de São Caetano, é o maior campeão com dois títulos, mas está fora neste ano. Das sete cidades do ABCD, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra buscam o primeiro título.

O ABCD MAIOR apresenta os 15 participantes, com os principais jogadores e características das equipes. Campeão em 2014, o DER entra apenas nas quartas de final do torneio que é disputado em formato eliminatório, em uma única partida – ou seja, os perdedores de domingo já estarão eliminados.


SÃO BERNARDO

DER

Como se classificou: Atual campeão

Histórico: 2ª participação

Destaques: Goleiro Renan, lateral-esquerdo Silas, volante/ meia Raul e atacante Max

Ponto forte: Time entrosado e coeso em todos os setores. A média de idade é de 25 anos, com poucos jogadores acima dos 30. Além disso, é um time disciplinado, de poucas faltas e reclamações, sendo já premiado por isso

Corinthians

Como se classificou: Campeão de São Bernardo

Histórico: Estreante

Destaques: Zagueiro Felipe, volante Wellington e atacante Tatu

Ponto forte: A união do grupo, que foi mantido da Especial. Todos se dão bem e estão entrosados. O objetivo do time do Alves Dias é buscar o título.

Corinthians garantiu a classificação para a Uniligas após ter sido campeão de São Bernardo. Foto: Andris Bovo

Orlandina

Como se classificou: Terceiro colocado em São Bernardo

Histórico: Estreante

Destaques: Atacantes Helinho e Paulinho

Ponto forte: O Orlandina levará a competição como uma Copa Libertadores. O poderio ofensivo chama a atenção, já que na dupla de ataque teve o artilheiro e vice da Especial, que fizeram 22 dos 25 gols do time


SANTO ANDRÉ

Guaraciaba

Guaraciaba vai atrás do primeiro título da Uniligas. Foto: Fabiano Ibidi
Guaraciaba vai atrás do primeiro título da Uniligas. Foto: Fabiano Ibidi

Como se classificou: Campeão de Santo André

Histórico: Vice-campeão em 2007

Destaques: Goleiro Hélio, meio de campo Amassado e meio de campo Marcinho

Ponto forte: Conjunto, vem confiante por ter mantido a base do título. A equipe se reforçou com jogadores da cidade

Marajoara

Como se classificou: Vice-campeão de Santo André

Histórico: 3ª participação

Destaques: Volante Tutu, ponta-esquerda Mosquito e centroavante Robinho

Ponto forte: O sistema defensivo é o ponto de apoio do time, não à toa o time terminou o campeonato local com a defesa menos vazada


DIADEMA

Estrela Azul

Como se classificou: Vice-campeão de Diadema

Histórico: Estreante

Destaques: goleiro Júnior e meia-esquerda Jamaica

Ponto forte: Quase 90% do grupo vice em Diadema foi mantido. A forte marcação e um time veloz no ataque são os pontos chaves

Leões da Baixada

Como se classificou: Convidado pela Liga de Diadema

Histórico: 2ª participação

Destaques: Meia Maik e atacante Melancia

Ponto forte: Time joga junto há três anos e sonha com o título da competição. A compactação dos setores e a defesa forte são os diferenciais


SÃO CAETANO

Jabaquara

Como se classificou: Campeão de São Caetano

Histórico: última participação foi em 2008

Destaques: Goleiro Adriano Pagliuca, meia-direita Pará e meia- esquerda Danilo

Ponto forte: O conjunto é apontado como um diferencial, afinal a equipe joga junta há quatro anos. A determinação em campo é apontada como outra qualidade

Internacional

Como se classificou: Campeão de São Caetano em 2014

Histórico: 3ª participação

Destaques: Goleiro Ricardo, volante Dinho e meia-atacante Buiu

Ponto forte: O ataque é classificado como rápido, leve e habilidoso. A equipe joga com três homens de frente, dois pelo lado e um mais centralizado


MAUÁ

Hélida

Como se classificou: Campeão de Mauá

Histórico: Estreante

Destaques: Volante Zóio, meia-direita Victor e meia-esquerda Du

Ponto forte: Time acredita que foi campeão da cidade pela raça apresentada em campo, apesar das limitações técnicas. A torcida é considerada outro diferencial e vai acompanhar os jogos em São Bernardo

Mauaense Hélida aposta na raça dos jogadores e força da torcida para chegar ao título. Foto: Edu Guimarães

Dragões Nova Mauá

Como se classificação: Vice-campeão de Mauá

Histórico: Estreante

Destaques: Zagueiros Rick e Thiago Locatelli, meia-esquerda Chileno e atacante Juninho

Ponto forte: A aposta é na velocidade do ataque para surpreender os adversários, além do histórico de bons resultados recentes. O Dragões chegou na maioria das finais nos dois últimos anos


RIBEIRÃO PIRES

Comercial

Como se classificou: Campeão de Ribeirão Pires

Histórico: Quartas de final em 2014

Destaques: Volante Vagnão, volante Adauto e o atacante Val

Ponto Forte: União do grupo que é refletida em campo, com todos determinados pelo resultado. Time joga com três atacantes e tem forte poder ofensivo

Alvinegro

Como se classificou: Vice-campeão de Ribeirão Pires

Histórico: 3ª participação

Destaques: Volante Alemão, meia Baiano e atacante Zezinho

Ponto forte: Time bastante ofensivo. Diferente do comum, joga para frente, sempre buscando o ataque


RIO GRANDE DA SERRA

Guerreiros

Como se classificou: Campeão de Rio Grande da Serra

Histórico: Surpreendeu em 2014 com o vice-campeonato

Destaques: Goleiro Nilson e volante Luciano

Ponto forte: O grupo é homogêneo, com vários jogadores do mesmo nível. Mesmo com dificuldades, o clube conseguiu manter a base do ano passado

São João

Como se classificou: Vice-campeão de Rio Grande da Serra

Histórico: 3ª participação, chegou às oitavas em 2008

Destaques: Zagueiro Diogo, lateral-esquerdo Igor e meia-atacante Wendell

Ponto forte: Um time de muita marcação e saída com velocidade nos contra-ataques. Não marca muitos gols, mas não sofre também, é uma equipe equilibrada


Duelos de domingo (30/08)

As primeiras partidas, já valendo vaga para as quartas de final, acontecem neste domingo (30/08). No campo do Lavínia, Boa Vista (Diadema) e Corinthians (São Bernardo) abrem a rodada dupla às 9h30. Estrela Azul (Diadema) e Marajoara (Santo André) se encaram na sequência.

Guerreiros (Rio Grande da Serra) e Alvinegro (Ribeirão Pires) se encontram no campo do Corinthians, às 9h30. Depois, Hélida (Mauá) e Comercial (Ribeirão Pires) vão atrás da classificação.

O São João (Rio Grande) joga com o Jabaquara (São Caetano) às 9h30, no Nova Petrópolis. Internacional (São Caetano) e Guaraciaba (Santo André) fecham a rodada dupla.

Dragões Nova Mauá e Orlandina (São Bernardo) fazem jogo único no campo do Nacional, às 10h.


Tags:
futebol futebol amador várzea

Compartilhe essa matéria

Deixe seu comentário

Para participar efetue o login, ou cadastre-se
Observação: as opiniões aqui publicadas são de responsabilidade apenas de seus autores. Os números de IP dos responsáveis pelos comentários estarão à disposição de vítimas de eventuais ofensas veiculadas neste espaço.

{{comments.length||0}} comentários