12/09/2013 00:00

Trabalhadores da Sanko e Sankonfort em Diadema estão em greve

Por: Guilherme Yoshida (economia@abcdmaior.com.br)

Sindicato está em negociação com as empresas e realiza assembleia as 19h


Cerca de 500 trabalhadores das empresas Sanko Espuma e Sankonfort Colchões, em Diadema, cruzaram os braços desde quarta-feira (11/09) e permanecem em greve. O Sindicato dos Químicos do ABC está em negociação com as empresas e realiza nova assembleia às 19 horas.

Os trabalhadores querem respostas positivas para a pauta de reivindicações entregues à empresa, que pede programa próprio de PLR (Participação nos Lucros e Resultados), mudanças no convênio médico, vale alimentação e a implantação do SUR (Sistema Único de Representação).

Em 30 de agosto os trabalhadores em Diadema já haviam cruzado os braços das 7h às 9h para marcar o Dia de Mobilização e lutas contra o PL 4330, o da terceirização e pressionar pelo atendimento de reivindicações da pauta específica.

“Todos estão insatisfeitos, principalmente com o novo convênio médico e com o fato dos recém-contratados não poderem mais incluir os dependentes”, explica o diretor do Sindicato e coordenador da Regional de Diadema, Evandro Alves da Silva.

A Sanko Espumas está localizada na rua Rio de Janeiro, 688, e a Sankonfort Colchões na Av. Toro, 252.

Compartilhe essa matéria

Deixe seu comentário

Para participar efetue o login, ou cadastre-se
Observação: as opiniões aqui publicadas são de responsabilidade apenas de seus autores. Os números de IP dos responsáveis pelos comentários estarão à disposição de vítimas de eventuais ofensas veiculadas neste espaço.

{{comments.length||0}} comentários