20/04/2017 10:33

Greve é encerrada no centro de distribuição da Ambev em Mauá

Por: Iara Voros (iara@abcdmaior.com.br)

Após nove dias de paralisação, os cerca de 100 trabalhadores conquistaram acordo com as empresas

O retorno ao trabalho foi nesta quinta-feira. / Foto: Andris Bovo
O retorno ao trabalho foi nesta quinta-feira. / Foto: Andris Bovo

A greve dos trabalhadores no CDD (Centro de Distribuição Direta) da Ambev em Mauá foi encerrada na manhã desta quinta-feira (20/04) após nove dias de paralisação. A categoria conquistou acordo junto à empresa terceirizada Coopercarga para aumentar em 5% os salários e em 10% o valor da cesta básica a partir do pagamento referente ao mês de abril.

A reivindicação da categoria era a equiparação salarial e dos benefícios em relação aos funcionários no CDD de Diadema, que prestam os mesmos serviços de transporte de bebidas. “Não conquistamos exatamente o que gostaríamos, mas já é um avanço para futuras negociações que teremos a partir da nossa data-base em maio”, apontou o motorista Wilson Ferreira, que compôs a comissão de trabalhadores durante as negociações no período de greve.

De acordo com o diretor do Sindicato dos Rodoviários do ABC, Cleuber Ferreira de Moura, os cerca de 100 funcionários que ficaram seis dias úteis em greve vão receber um dia e os outros cinco dias serão compensados pelos trabalhadores. “Alguns têm banco de horas e poderá ser compensado desta forma e outros que não tiverem [horas a mais trabalhadas] deverão compensar os dias parados aos finais de semana de acordo com o combinado junto à empresa”, apontou.

A Ambev informou, por meio de nota, que "não é parte no referido processo e reforça ainda que está trabalhando para que o abastecimento da região atendida pelo centro de distribuição não seja afetado".

A Coopercarga não retornou à reportagem até a publicação desta matéria.


Atualizada às 16h para acréscimo de posicionamento da Ambev


Leia também:

Funcionários no centro de distribuição da Ambev em Mauá entram em greve

Reivindicação é a equiparação dos salários e benefícios com os trabalhadores de outra unidade

Tags:
ambev mauá greve

Compartilhe essa matéria

Deixe seu comentário

Para participar efetue o login, ou cadastre-se
Observação: as opiniões aqui publicadas são de responsabilidade apenas de seus autores. Os números de IP dos responsáveis pelos comentários estarão à disposição de vítimas de eventuais ofensas veiculadas neste espaço.

{{comments.length||0}} comentários