28/12/2016 18:37

Projeto Poemaria cria aplicativo literário

Por: Marina Bastos (marina@abcdmaior.com.br)

Declamaí é o primeiro aplicativo de declamação e difusão de poesias para smartphones

A atriz Leona Cavali fez uma participação no App declamando 'Amar', de Florbela Espanca. Foto: Divulgação
A atriz Leona Cavali fez uma participação no App declamando 'Amar', de Florbela Espanca. Foto: Divulgação

O projeto de literatura Poemaria, idealizado pelo artista Davi Kinski, agora conta com o App Declamaí, primeiro aplicativo de declamação e difusão de poesias para smartphones. O Aplicativo permite que as pessoas não só escolham um poema para recitar, como também poderão gravar sua imagem, que será dividida com outros internautas mundo afora.

Amantes e praticantes da poesia têm passagem livre para mostrar sua arte no aplicativo, e a Região já tem uma representante nas telinhas dos celulares, a escritora Rosana Banharoli. “A minha participação se dá pela confluência da minha história de vida que apresentou-me à poesia e literatura como ferramenta libertária e à própria criação. Acredito que por escrever poesia concisa, embora reflexiva quanto às questões cotidianas e contemporâneas seja também motivo de ter sido convidada a participar deste projeto”, disse.

Para a escritora, a ideia de apresentar a poesia em diversos formatos é inovadora e uma importante ferramenta de difusão.”Poemaria nasce grande e abrangente. Traz de forma profissional e generosa a poesia em diferentes formatos e funções. Destaco a de difusão em seu sentido ampliado: artístico e entretenimento dando e gerando oportunidade de revelação de poetas e da poesia e sugerindo o poder de transformação que este gênero tem.”


Sarau Virtual

Poemaria nasceu da ambição de aproximar o grande público da poesia. Foto: Divulgação
Poemaria nasceu da ambição de aproximar o grande público da poesia. Foto: Divulgação

O aplicativo Declamaí foi criado com o objetivo de divulgar, promover, democratizar e acessibilizar o contato do público em geral com a poesia. A meta principal é estimular a leitura e declamação de poesias próprias ou de outros autores, assim promovendo um Sarau virtual, ou uma comunicação mais afetiva com o que cada um desejar.

Na visão do idealizador do Poemaria, lê-se muito pouco no Brail, em partes por conta da maneira como a literatura é apresentada nas escolas: acadêmica, hermética e distante do cotidiano, sendo que a poesia também é estado de espírito e faz parte da nossa observação e estado crítico. “Todo mundo tem contato imediato com a poesia a todo momento, e essa é a ambição das ações desse que é um projeto transmídia. "Poemaria" primeiramente é um portal de conteúdo sobre poética, declamações, textos, ensaios e poemas. Temos um elenco interessante para desbravar através da palavra poética depoimentos acerca do processo de criação, e do estado poético como momento singular para vida de cada um”, afirmou Davi Kinski. Além do aplicativo, o Poemaria ainda se desdobra em uma série documental de doze capítulos,um longa-metragem e um livro.

Kinski enfatizou que, mais do que a simples declamação, a escolha do poema e do poeta mostra uma série de outros aspectos. “Personalidades como Leona Cavalli, o deputado Jean Wyllys e o escritor Marcelino Freire, a apresentadora e atriz Marília Gabriela, a poeta Adelia Prado declamam poesias de Florbela Spanca, Álvaro de Campos, Manuel Bandeira, Vinicius de Moraes, e falam da influência desse gênero literário em suas vidas, mas também nos contam sobre momentos, memórias, motivações poéticas que fizeram parte de algum momento”.


Baixe seu aplicativo e Declamaí!

O Declamaí pode ser rodado para Android e IOS para celulares com câmera frontal. Os vídeos produzidos poderão ser compartilhados com outros internautas ou não. A base de armazenamento desses vídeos é o canal do Poemaria YouTube. Os poemas estão categorizados e são de domínio público, outros poemas e textos escolhidos são de inteira responsabilidade do autor do vídeo.

Compartilhe essa matéria

Deixe seu comentário

Para participar efetue o login, ou cadastre-se
Observação: as opiniões aqui publicadas são de responsabilidade apenas de seus autores. Os números de IP dos responsáveis pelos comentários estarão à disposição de vítimas de eventuais ofensas veiculadas neste espaço.

{{comments.length||0}} comentários