28/12/2016 17:28

'Ginho, o ET de Varginha', é o novo livro de Marcio Baraldi

Por: Marina Bastos (marina@abcdmaior.com.br)

Cartunista lança livro de HQ inspirado no famoso ET flagrado em Minas Gerais, em 1996

O cartunista Marcio Baraldi mergulhou fundo num assunto que adora: ufologia, para criar seu personagem. Foto: Divulgação
O cartunista Marcio Baraldi mergulhou fundo num assunto que adora: ufologia, para criar seu personagem. Foto: Divulgação

Em 2007, o premiado cartunista Marcio Baraldi começou a colaborar com a revista UFO, a mais antiga revista de ufologia do mundo. Logo surgiu um personagem novo nas tiras: Ginho, o ET de Varginha, inspirado no famoso caso do ET supostamente flagrado na cidade mineira de Varginha, em 1996.

Ginho é o legítimo ET brasileiro. E, como tal, participa ativamente de tudo que diz respeito à ufologia brasileira: agroglifos em plantações, abduções, contatos imediatos e até casos famosos como a Operação Prato, escondida pelos governos brasileiros por décadas e revelados há alguns anos, graças a campanha “UFOS: liberdade de informaçao já!”, organizada pela revista e protagonizada pelo Ginho.

“Eu quis fazer um personagem que fosse um ET bem brasileiro, sem norte-americanismos. Um personagem que, apesar de universal, representasse e discutisse a riquíssima ufologica brasileira, já que o Brasil é um lugar muito especial no mundo e com casos ufológicos espetaculares como a Operação Prato [Operação Prato foi uma investigação militar realizada entre os meses de outubro e dezembro de 1977, para investigar o aparecimento de OVNIs] ou o próprio caso Varginha”, contou Baraldi.

Mas as aventuras de Ginho não se limitam ao Brasil, em suas tiras o simpático ET viaja pelo tempo e espaço desvendando mistérios das civilizações antigas, da Bíblia ou da enigmática Área 51, ou ainda, visitando globos em fase de colonização como a Lua e Marte. Como se não bastasse, Ginho também arruma tempo pra homenagear figuras importantes da ufologia nacional, como os falecidos ufólogos Claudeir Covo e Irene Granchi ou os famosos abduzidos Antonio Villas Boas e Nelso Tasca.

O personagem se aproveita do humor para informar sobre fatos e personagens históricos. Para criar algo assim, Baraldi pesquisou sobre o assunto que sempre curtiu . “As HQs do Ginho acompanham os fatos e novidades do assunto com senso critico, algum didatismo, sobretudo, bom humor. Esses assuntos não esgotarão nunca, nosso conhecimento e aprendizado sobre outros mundos e raças está apenas engatinhando”, afirmou o cartunista, que ao seu perguntado se realmente acreditava em Ets, foi enfático: “Lógico, senão nem tocaria no assunto (risos).”

De acordo com Baraldi, basta observar. “'Adão e Eva' nunca fez sentido nenhum, a ciência atual sabe que o Homem evoluiu de um antropoide, mas não encontra o tal 'elo perdido' com os macacos. Sabemos que alguma coisa aconteceu entre o gene do macaco e o da raça humana, alguém mexeu nesses genes. Alguma raça cósmica misturou o gene dos símios com o deles e deu origem a nossa Raça Humana. Já temos conhecimento de genética suficientes para saber disso. Os grandes governos, o Vaticano, já sabem toda a origem da Raça Humana, só não admitem publicamente. Mas já estamos bem perto de oficializar a verdade, aí os parâmetros da nossa civilização serão outros.”


Humor é o tempero mágico

Os assuntos abordados nas tiras de Marcio Baraldi vão da política à ufologia, educação, etc. O que há em comum em todas suas abordagens é o humor. Para o cartunista, humor é uma espécie de “tempero mágico que consegue unir os mais variados conceitos e assuntos num mesmo caldeirao, misturar tudo e transformar isso num caldo palatável para a maioria das pessoas. Com o humor fica mais fácil para as pessoas digerirem assuntos ás vezes meio difíceis. Acho que o humor é uma das maiores ferramentas do ser humano, e também uma de suas melhores virtudes.”

Ao contrário de outros personagens ETs mais voltados para o humor de costumes ou ao erotismo, (como o clássico Marcianinho Erótico da Playboy), Ginho é o único personagem do gênero a fazer um humor engajado e militante da ufologia.


Ginho, o ET de Varginha

O livro tem 50 páginas coloridas e reúne os quatro primeiros anos da série, em ordem cronológica, para o leitor acompanhar a evolução do personagem através dos anos.

Com prefácio de Ademar Gevaerd, editor da UFO, o livro traz ainda depoimentos de figuras importantes como os escritores Rubens Luchetti e Marco Antonio Petit, dos cartunistas Zélio e Ciça, e dos contatados Rogério Bin, Chico Penteado e Cris Paschoal, além da ufóloga Monica de Medeiros.

Ginho, o ET de Varginha, é um lançamento conjunto da revista UFO e do selo “GRRR!...” (Gibi Raivoso , Radical e Revolucionário) do cartunista Marcio Baraldi.

O livro pode ser adquirido por meio dos sites Comix e Ufo.


Tags:
HQ desenho arte

Compartilhe essa matéria

Deixe seu comentário

Para participar efetue o login, ou cadastre-se
Observação: as opiniões aqui publicadas são de responsabilidade apenas de seus autores. Os números de IP dos responsáveis pelos comentários estarão à disposição de vítimas de eventuais ofensas veiculadas neste espaço.

{{comments.length||0}} comentários