16/06/2016 16:43

Autora andreense lança livro inspirado em clássicos da MPB

Por: Marina Bastos (marina@abcdmaior.com.br)

Canção da Terra, de Angela Molognoni, será lançado na Casa da Palavra

A história de Canção da Terra, de Ângela Molognoni, se passa na capital paulista e sertão nordestino. Foto: Divulgação

Nesta sexta-feira (17/06), a jornalista Angela Molognoni lançará seu livro de estreia na Casa da Palavra, em Santo André. A obra Canção da Terra é inspirada em clássicos da música popular brasileira como Maria, Maria, O bêbado e a equilibrista, Marvin e Roda Viva e tem como pano de fundo o período de repressão da Ditadura Militar no Brasil.

A trama se passa no sertão nordestino e capital paulista e é centrada em duas personagens, Maria e José. A história de Maria, como tantas a de tantas Marias, encontra muitas dificuldades, principalmente quando a personagem se depara com os ideais políticos de sua filha mais velha. Em Canção da Terra, o destino dos filhos é que une as vidas paralelas de Maria e José, que compartilham a mesma efervescência política e cultural vivida no Brasil nos anos de chumbo.

O objetivo da narrativa é apresentar uma história sobre superação e amor que move a todos nós. De acordo com a autora, também é uma crítica ao regime militar que vigorou em nosso País e hoje tantas pessoas exaltam, sem saber dos horrores que eram praticados contra aqueles que lutavam pela volta da democracia no Brasil.

Para tratar de um período histórico tão importante e ao mesmo tempo complexo e delicado, Angela Molognoni debruçou-se numa pesquisa por anos. "Li muitas matérias relacionadas ao tema e relatos de pessoas que foram presas e torturadas durante a Ditadura Militar. Foi um período muito triste da nossa história e é difícil imaginar que ainda hoje existam pessoas que defendam a repressão e querem os anos de chumbo de volta. Prefiro imaginar que é a ignorância sobre os fatos que levam algumas pessoas a pensarem dessa forma. Espero que o livro ajude a informar um pouco sobre os horrores praticados nesse período."


Superação dentro e fora da literatura

O processo de escrita de Canção da Terra levou 12 anos. Assim como as personagens as quais ngela deu vida, a autora também encontrou obstáculos pelo caminho. "Perdi a minha melhor amiga, que sempre me incentivou a escrever e discutia todas as minhas ideias malucas, que era a minha mãe. Depois da morte dela, fiquei cinco anos sem escrever uma única linha. Tive que passar por esse período de luto para continuar."

Passado o período de luto e dando início ao de superação, um dos principais temas de seu livro, ngela Molognoni terminou o original. "Depois de enviar para algumas editoras, uma delas aprovou o original para publicação. Mas é preciso ressaltar que o processo para publicar um livro é muito complicado no nosso País. Existe pouco incentivo para autores de primeira viagem e as grandes editoras complicam muito o processo de seleção, deixando poucas opções para quem quer ver o sonho do livro publicado realizado. É preciso muita paciência e perseverança", aconselhou.


A escrita como ofício e paixão

Ângela Molognoni é jornalista e moradora de Santo André. Como repórter já atuou em jornais regionais, como o ABCD MAIOR, mas sua relação com letras não se contentou apenas com as redações e o que era um hábito prazeroso, escrever, acabou se tornando sua ocupação paralela. "Sempre gostei muito de ler, desde pequena era esse meu principal divertimento. Quando adolescente escrevi algumas histórias infanto-juvenis que estão guardadas na gaveta até hoje. Nunca levei muito a sério esse hobby, achava apenas que era um modo de extravasar a criatividade que as matérias de jornalísticas não proporcionavam, já que lidava com fatos. Escrever ajuda a pôr pra fora um mundo que vive apenas na nossa cabeça e isso é muito divertido" contou.

As expectativas para o primeiro lançamento são as melhores. Para a escritora, é hora de comemorar toda a trajetória até aqui e, claro, fazer novos planos. "É um misto de satisfação e orgulho, porque o livro é algo que a gente leva muito tempo para produzir. Tem muito da gente nas palavras, nossa energia está ali. Tenho atualmente duas novas ideias para livros que preciso desenvolver e futuramente, quem sabe, publicar."


Lançamento de Canção da Terra

Sexta-feira (17/06), a partir das 19h30 na Casa da Palavra (praça do Carmo, 171, Centro, Santo André) Entrada gratuita. Informações: 4992-7218.


Tags:
literatura cultura lançamentos lançamento de livros santo andré

Compartilhe essa matéria

Deixe seu comentário

Para participar efetue o login, ou cadastre-se
Observação: as opiniões aqui publicadas são de responsabilidade apenas de seus autores. Os números de IP dos responsáveis pelos comentários estarão à disposição de vítimas de eventuais ofensas veiculadas neste espaço.

{{comments.length||0}} comentários