27/12/2012 00:00

Antologia de terror lança novos autores

Por: Marina Bastos (marina@abcdmaior.com.br)

Sombrias Escrituras- Volume 1- Contos Sombrios marca 10 anos de site

O site Sombrias Escrituras completou 10 anos propagando a literatura sombria e arte obscura com o lançamento de uma antologia de contos. Frequentado por leitores aficcionados por criaturas das trevas, o site reúne contos, poemas, matérias, entrevistas, vídeos e ilustrações envolvendo o tema.

O coordenador do site e também organizador da antologia atende por Sr. Arcano, ele é escritor cujo estilo predominante abraça gêneros como o terror, o horror, a loucura e o mistério. Criador da marca Sombrias Escrituras, para ele, a literatura de terror é um gosto pessoal. “Alguns leem ou escrevem porque gostam, outros preferem sentir o medo que vem desse tema por pura curiosidade. E é por isso que escrevemos terror, porque nos divertimos com isso. E também porque, em certos momentos, não conseguimos fazer melhor de outra forma”.

Sombrias Escrituras- Volume 1- Contos Sombrios reúne 15 autores de contos dos mais variados temas, mas, em comum, com a intenção de causar medo e curiosidade. As ilustraçãoes de “arte obscura” são de Luciana Waack, que está iniciando no gênero “o aspecto obscuro das emoções e das paixões afloram timidamente nos traços ainda em aprimoramento” disse.  Uma das autoras é Taiane Gonçalves Dias, de Santo André.

O gênero que mais atrai a escritora é o terror fantástico. “Acho que é culpa do Edgar Allan Poe. E principalmente porque o gênero brinca com os medos humanos, seja a morte ou além dela, o homem teme aquilo que desconhece”, disse.

Seu conto Baile de Máscaras abre a antologia e fala  sobre a mulher do século 19, e sua beleza inserida em uma sociedade machista. “O resto vai ter que ler para saber”, instiga ela, que participou de seis antologias.

Sintonia com o medo e o terror literário
De acordo com o Sr. Arcano, o escritor deve estar em sintonia com os medos da pessoas, que podem ser diferentes de época para época. “Explorar isso é o mesmo que explorar nós mesmos. É dentro de cada um de nós que reside o medo a ser descoberto nas páginas de um livro”, disse.  Para ele, a ficção de horror na literatura é um instrumento de interrogação sobre os assuntos humanos.

“O ser humano tem medo do desconhecido. São os medos mais antigos, aqueles que persistem no imaginário. Os medos da idade adulta são os mesmos da infância, observados por outro prisma. As crianças têm medo do escuro porque se sentem sós. E este é também o nosso maior temor na idade adulta: O de acabar só.”

Existem muitas referências para escritores de terror, mas as principais sempre serão os autores clássicos, como  Edgar Allan Poe, H. P. Lovecraft e Bram Stocker. “Contudo, ainda temos influências que irão sempre repercutir no processo criativo do gênero, como filmes, lendas urbanas, casos de assombração e exorcismos”, disse Sr. Arcano, acrescentando “Dentro do gênero, o autor está sempre buscando por suas fontes de inspiração que considera as melhores para a elaboração de sua obra sombria. Dessa forma, temos estilos diferentes para o mesmo gênero, como percebemos na antologia Sombrias Escrituras, onde cada autor mostra um texto de temática diferente dentro do mesmo universo”, afirmou.

Serviço
A antologia de contos de terror pode ser comprada pelo site http://www.sombriasescrituras.net/

Compartilhe essa matéria

Deixe seu comentário

Para participar efetue o login, ou cadastre-se
Observação: as opiniões aqui publicadas são de responsabilidade apenas de seus autores. Os números de IP dos responsáveis pelos comentários estarão à disposição de vítimas de eventuais ofensas veiculadas neste espaço.

{{comments.length||0}} comentários