12/06/2011 00:00

São Bernardo tem festa junina à moda antiga

Por: Felipe Rodrigues (felipe@abcdmaior.com.br)

Sociedade Cultural e Recreativa da Alameda Glória, instalada no Centro da cidade, realiza evento há mais de 50 anos


Uma das atrações culturais tradicionais de junho fica sempre por conta das quermesses organizadas, principalmente, nos arredores das igrejas pelos diversos bairros da Região. Mas em São Bernardo, na Vila Duzzi, ainda é possível encontrar uma modesta festa junina, com direito a quadrilha e mastro. Há mais de 50 anos a Sociedade Cultural e Recreativa da Alameda Glória realiza a festividade com todos os detalhes que normalmente são encontrados nas festas caipiras. O público presente pode desfrutar de vinho quente, milho, pinhăo, doces caseiros e muita dança, tudo feito pela comunidade do bairro.

O local recebe três comemorações, uma para cada santo: Santo Antônio, Săo Joăo e Săo Pedro. Este ano as festas ocorrem neste domingo (12/06), homenageando o santo casamenteiro. Na quinta-feira (23/06), Săo Joăo  e a última no domingo (28/06), quando se homenageia o fundador da Igreja católica, Săo Pedro. As festividades começam a partir das 18h na sede do Clube da Alameda Gloria, na rua Príncipe Humberto, 315, Vila Duzzi.

O herdeiro e responsável pela organizaçăo da festa e manutençăo da história, Luiz Joăo Marotti, conta que a tradiçăo começou em 1958, quando seu pai, José Paschoal Ângelo Marotti fundou a Sociedade e criou a Quadrilha da Alameda Glória. “O grupo tinha passos próprios e juntava gente de todas as idades do bairro e ainda freqüentava concursos de quadrilhas juninas na televisăo.Foi uma época muito boa”, destacou

Marotti ressalta ainda que as unidades educacionais, hoje em dia, acabam optando por danças, trajes exóticos, temáticos, pirotécnicos, absurdamente caros e que pouco lembra o visual simplório e tão significativo do arraial. "Quando chega o mês de junho, nós – pais e mães – gostamos mesmo é de relembrar os velhos tempos e vestir nossos filhos de caipirinhas, com bigodes e tranças postiços, pintinhas no rosto e remendos nas calças, vê-los dançarem a animada quadrilha. A simplicidade sempre é muito melhor”, pontuou

O organizador da festividade destaca que a expectativa é de mais de 100 pessoas compareçam na festa junina da alameda glória.  “Acredito que é um grande encontro de gerações. Hoje os avôs trazem seus netos para participar de um evento como esse que é feito das mesmas maneiras que fazíamos antigamente. É uma festa à moda antiga”, finalizou.  

Compartilhe essa matéria

Deixe seu comentário

Para participar efetue o login, ou cadastre-se
Observação: as opiniões aqui publicadas são de responsabilidade apenas de seus autores. Os números de IP dos responsáveis pelos comentários estarão à disposição de vítimas de eventuais ofensas veiculadas neste espaço.

{{comments.length||0}} comentários