09/01/2017 19:24

Muro desaba pela segunda vez em Paranapiacaba

Por: Jessica Marques (jessica.marques@abcdmaior.com.br)

Desabamento ocorreu no sábado; rua Antônio Tomaz permanece interditada

O muro de uma casa desabou, pela segunda, vez em Paranapiacaba, em Santo André. O incidente, que havia acontecido em novembro do ano passado, se repetiu neste sábado (07/01), na rua Antônio Tomaz, na parte alta da Vila. Ninguém ficou ferido.

Rua Antônio Tomaz está interditada, na parte alta da Vila. Foto: Enviada por leitor

O desabamento ocorreu após uma forte chuva, que atingiu a vila por volta de 16h. Apesar de o muro ter desabado no sábado, a rua permanece interditada para a passagem de pedestres e veículos por conta dos entulhos e barro que caíram na via.

A única rua de acesso para os moradores e turistas da parte alta é a João Antunes, que é de mão única e provisoriamente está comportando o tráfego em ambos os sentidos. “A rua já deu sinais de que está cedendo também”, disse uma moradora que não se identificou.

Muro de 1957

A comerciante Silvana Henrique Moretti, 52 anos, é vizinha da casa que teve o muro cedido e relembrou o histórico do local. “Esse muro que caiu era de 1957, quando foi construído. A casa foi vendida e o proprietário quebrou o concreto e plantou bambu. Começou a penetrar água e por isso que caiu o muro da primeira vez”, contou.

Trata-se de um muro de contenção, já que a casa foi construída em nível mais elevado. “Depois de ter levantado o muro, quando caiu, eu já tinha visto que estava com rachadura do outro lado”, contou Silvana. “Ainda bem que os turistas tinham entrado nos comércios na hora da chuva, porque a vila estava lotada de gente. Assim, ninguém se machucou”.

Procurado, o proprietário da casa não foi localizado pela reportagem. Moradores que não se identificaram falaram que funcionários da Prefeitura estiveram no local e garantiram que não há risco aos moradores.

A Prefeitura informou, por meio de nota, que "equipes do Departamento de Engenharia de Tráfego estiveram no local e realizaram interdições com cavaletes e fitas. O acesso à rua Antonio Thomas, entrada da vila na parte alta foi feita parcialmente e interdição total após o cruzamento com a rua Rodrigo Quaresma, além dos trechos de estacionamentos na opção de desvio das rua Rodrigo Quaresma e rua da Palha. Os escombros provenientes da queda estão sendo retirados".


Tags:
santo andré

Compartilhe essa matéria

Deixe seu comentário

Para participar efetue o login, ou cadastre-se
Observação: as opiniões aqui publicadas são de responsabilidade apenas de seus autores. Os números de IP dos responsáveis pelos comentários estarão à disposição de vítimas de eventuais ofensas veiculadas neste espaço.

{{comments.length||0}} comentários