01/06/2013 00:00

Metalúrgico quer desbravar ABCD de moto

Por: Angela de Paula (angela@abcdmaior.com.br)

Valdemir Januário já conheceu diversos países da América do Sul e agora quer conhecer melhor a Região

Depois de rodar de motocicleta diversos países da América do Sul, como Uruguai, Argentina e Peru, o metalúrgico Valdemir José Januário, 36 anos, quer agora conhecer cada canto da região onde nasceu: o ABCD. O projeto "Desbravando o ABC sobre duas rodas", que surgiu de uma simples brincadeira, virou realidade e o motoqueiro vai registrar tudo em seu blog.

"A proposta comçou como uma brincadeira, porque eu conheço quase todos os Estados do Brasil, além de outros países, mas ainda sei pouco sobre a Região", contou.  A ideia é registrar fotografias e textos sobre os principais pontos do ABCD e publicar no blog valdermirjanu.blogspot.com, que reúne informações de todas as viagens realizadas por Januário.

Por enquanto, o metalúrgico já rodou pela cidade onde mora, Diadema. "Já percorri bairros como Eldorado, Inamar e o Centro. Noto que houve muito crescimento nestes locais nos últimos anos, uma melhora significativa", descreveu. Durante as visitas aos bairros, não faltam registros fotográficos e depoimentos de moradores. 

Agora, Janurário está desbravando São Bernardo, o município mais rico da Região, na sua opinião. "O que vejo é que a cidade tem vários atrativos como os parques, mas está se urbanizando muito rápido. São cada vez mais prédios, o que deixa o município cada vez mais cinza", refletiu. Outros pontos do ABCD estão na lista dele: a Vila de Paranapiacaba, em Santo André, e as belezas naturais de Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.

Falta de conhecimento - Para Januário, os próprios moradores não conhecem a Região onde vivem. "As pessoas vão de casa para o trabalho e não sabem o que existe por aqui", afirmou. Após sua incursão pelo ABCD, o motoqueiro quer executar um projeto antigo: conhecer a América Central, do Norte, chegando até o Alasca. 

Compartilhe essa matéria

Deixe seu comentário

Para participar efetue o login, ou cadastre-se
Observação: as opiniões aqui publicadas são de responsabilidade apenas de seus autores. Os números de IP dos responsáveis pelos comentários estarão à disposição de vítimas de eventuais ofensas veiculadas neste espaço.

{{comments.length||0}} comentários