15/04/2009 00:00

Manifestantes protestam contra Rodoanel em Ribeirão

Por: Andris Bovo (andris@abcdmaior.com.br)

Manifestação leva dois manifestantes para delegacia. Bonecos vão pra criminalística

Manifestantes aproveitaram o Sábado de Aleluia para protestar em Ribeirão Pires. Dois dos bonecos, a serem malhados na praça central da cidade, exibiam as frases: "Fora Roubo Anel" e "Guardas Municipais que atacam moradores de rua". A alusão não foi bem recebida pela Guarda Municipal que, depois de receber a denúncia do protesto, apreendeu os bonecos e deteve dois dos manifestantes.

José Cantidio de Souza Lima integrante da Colutas (Comissão de Lutas da Vila Sueli) foi um dos envolvidos. "O que nós queríamos era chamar a atenção da população para discutir se a obra é boa ou não. E não fazer assim, sem muita discussão", afirmou o eletricista de 53 anos, comparando com as manifestações que ocorreram no trecho sul da mesma obra. "A população tem que saber o que é a obra. Por onde vai passar. Tem todo um problema ambiental a ser discutido".

Outro objetivo de José era divulgar uma caminhada que acontece no próximo dia 25. Nela integrantes da Colutas, Apeoesp, da Federação da Sociedade de Amigos de Bairro, e do Sindicato dos Engenheiros e Arquitetos de Ribeirão Pires, acompanhados pela promotora de justiça da cidade Thelma Thais Cavarzere caminharão no futuro trajeto da obra. "É para mostra para a promotora onde é. Para ver o que tem ali".

A outra envolvida foi a ex-vereadora petista de Ribeirão Pires, Elza da Silva Carlos. Ligada a Apeoesp, ela alega apenas ter confeccionado o segundo boneco, mas desconhece quem colocou a frase alusiva ao acontecimento no começo do ano - quando dois guardas municipais agrediram e humilharam um morador de rua com deficiência mental no centro da cidade.

"Isso mostra que existe uma insatisfação da população com o que aconteceu aos moradores de rua", explica a professora que afirma ter ido até a delegacia por vontade própria. "Me ligaram dizendo que os bonecos tinham sido apreendidos. Então fui ver no que podia ajudar", completa. "Só sei que eles foram levados pra criminalística, para analise".

Compartilhe essa matéria

Deixe seu comentário

Para participar efetue o login, ou cadastre-se
Observação: as opiniões aqui publicadas são de responsabilidade apenas de seus autores. Os números de IP dos responsáveis pelos comentários estarão à disposição de vítimas de eventuais ofensas veiculadas neste espaço.

{{comments.length||0}} comentários