11/02/2014 00:00

Diadema terá projeto Mulheres da Paz

Por: Redação (cidades@abcdmaior.com.br)

Iniciativa do governo federal atuará na prevenção e combate à violência

A Prefeitura de Diadema assinou convênio com o Ministério da Justiça para desenvolver o projeto social denominado Mulheres da Paz, por meio da Secretaria de Defesa Social do município. As áreas a receberem o projeto são as regiões Norte e Leste da cidade que, de acordo com o Pronasci (Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania), são bastante vulneráveis.

A iniciativa tem como meta a prevenção da violência, por meio da capacitação de mulheres para atuarem como mediadoras sociais nas respectivas comunidades a partir do poder feminino. Além disso, há o objetivo de construir e fortalecer redes de prevenção à violência doméstica que compõem a realidade local e que envolvem jovens e mulheres.

Atualmente, o projeto está em fase de capacitação da equipe multidisciplinar. O passo seguinte  é a elaboração e divulgação do edital de seleção das mulheres. Uma vez selecionadas, elas serão capacitadas por meio de formação inicial e continuada e serão acompanhadas por uma equipe composta pela coordenação local, pedagogos, psicólogos, assistentes sociais e apoio jurídico da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Entre os temas a serem trabalhados na formação estão direitos humanos, cidadania, Lei Maria da Penha e Estatuto da Criança e do Adolescente.

Para participar, é preciso se inscrever no processo de seleção e atender às exigências do governo federal, que são: ser maior de 18 anos; ter renda familiar de até dois salários mínimos; comprovar capacidade de leitura e escrita; possuir perfil voltado à liderança e disponibilidade para cumprir as metas individuais determinadas pela coordenação. Entre essas metas estão: realizar 15 visitas/acompanhamentos às famílias do seu território mensalmente, 3 reuniões ou oficinas com as famílias do núcleo e participar da capacitação semanal de 4 horas, além de residir na área de abrangência do projeto. As mulheres selecionadas que cumprirem mensalmente as metas citadas receberão um benefício no valor de R$ 190,00, pagos pelo governo federal.

Compartilhe essa matéria

Deixe seu comentário

Para participar efetue o login, ou cadastre-se
Observação: as opiniões aqui publicadas são de responsabilidade apenas de seus autores. Os números de IP dos responsáveis pelos comentários estarão à disposição de vítimas de eventuais ofensas veiculadas neste espaço.

{{comments.length||0}} comentários