23/12/2016 15:09

Rituais de Natal no Brasil

Por: jose antonio costeira leite (jose.aleite@yahoo.com.br)

Por suas dimensões continentais, a ceia de Natal brasileira é bastante diversificada

Por Priscila e Luiza Cantarin (baunilha@terra.com.br)

Muito além da importação do Papai Noel em roupas de inverno, chaminé e árvore, o Brasil também tem seus costumes e festividades tradicionais dessa época. Por suas dimensões continentais, a ceia de Natal brasileira é bastante diversificada, com a presença quase constante de carnes assadas (mas achamos muito boa a ideia de uma ceia sem esse tipo de preparação), maionese, saladas, arroz, farofa e sobremesas mais elaboradas e requintadas. Nessa época também ocorrem eventos por todo país em comemoração ao Natal, como:

Marujada: Dança feita apenas por mulheres comandadas pela "capitoa" e pela "subcapitoa" em que as participantes caminham com passos curtos e ligeiros para a direita e para a esquerda entre duas fileiras. Para os homens, a participação fica no acompanhamento musical com viola, rabeca, violino, tambor e cavaquinho. Essa festividade ocorre entre a Bahia e a região Sul e vai desde o Natal até o dia 1º do ano;

Amigo secreto: sua origem não é certa, existindo algumas versões. A primeira conta que os antigos gregos costumavam presentear pessoas queridas (mas escolhidas ao acaso) em datas festivas. Existe também a versão que diz que a brincadeira poderia ter sido inspirada em um ritual nórdico, onde eles trocavam presentes, como parte de um pacto com os deuses, e diziam: "Que você jamais esqueça dos deuses que estão sobre nós". A versão moderna conta que teria aparecido nas fábricas americanas, quando os operários eram obrigados a participar das festas de fim de ano e tinham que presentear os colegas. Como alguns colaboradores não eram muito queridos e ficavam sem presentes, os patrões tiveram a ideia de criar uma espécie de sorteio para que todos fossem presenteados, originando a brincadeira que fazemos até hoje;

Círio de Nazaré: procissão realizada em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré no segundo domingo de outubro, em Belém (PA). Diz a lenda que por volta de 1700, perto da cidade de Belém, um lenhador encontrou uma imagem de 30 centímetros da Santa e decidiu levá-la para casa, mas a estátua teria voltado ao seu local de origem. Esse acontecimento tem tanta importância quanto o Natal (também celebrado na região) e é comemorado com ceia de preparações típicas (pato no tucupi, maniçoba, tacacá e açaí) e troca de presentes;

Desejamos a todos que nos acompanharam esse ano um Feliz Natal e que seja de união, prosperidade e felicidade e de bom apetite com essa receita deliciosa de Chocotone!

Chocotone
Chocotone

Chocotone

Ingredientes 3 xícaras de chá de água 1 ovo 4 colheres de sopa de manteiga sem sal 1 e ½ colher de chá de sal 8 colheres de sopa de açúcar cristal ou demerara 1 colher de sobremesa de essência de panetone 2 colheres de sopa de leite em pó integral 1 colher de sopa de fermento biológico seco 4 xícaras de chá de farinha de trigo peneirada 2 xícaras de chá de chocolate meio amargo picado Castanhas picadas a gosto Forma de Panetone de 250g untada com óleo

Modo de preparo:

Pré aquecer o forno a 180°C; Na batedeira, bater a água, o ovo, a manteiga, o sal, o açúcar, a essência e o leite em pó até ficar uma mistura homogênea; Adicionar o fermento e bater em potência média por 10 minutos; Com a batedeira ligada, acrescentar a farinha aos poucos até ficar uniforme; Despejar a massa em uma superfície limpa e misturar o restante da farinha, o chocolate picado e as castanhas; Sovar a massa até ficar elástica e dividir em 3 porções, que deverão ser colocadas em formas de panetone de 250g untadas com óleo; Sobre uma assadeira, colocar para crescer coberta em local livre de correntes de vento até dobrar de volume; Assar em forno médio por 30 minutos ou até espetar um palito e sair limpo; Retirar do forno e deixar esfriar sobre grades. Sugestão: caso prefira outro sabor, o chocolate pode ser substituído por frutas cristalizadas, castanhas, cereja ou goiabada. Essa receita rende 3 unidades de 250g.

Compartilhe essa matéria

Deixe seu comentário

Para participar efetue o login, ou cadastre-se
Observação: as opiniões aqui publicadas são de responsabilidade apenas de seus autores. Os números de IP dos responsáveis pelos comentários estarão à disposição de vítimas de eventuais ofensas veiculadas neste espaço.

{{comments.length||0}} comentários